COMMETRIM

COMMETRIM

(Confraternização de Mocidades e Madureza Espíritas do Triângulo Mineiro e Alto - Paranaíba)

Uma promoção dos CRE do Triângulo Mineiro e Alto - Paranaíba

(Alto - Paranaíba/Norte/Planalto/Pontal/Sul)

 

COMMETRIM – Confraternizar com

                                                JESUS, KARDEC e CHICO XAVIER.

 

A reunião dos companheiros de ideal e de luta foi sempre um traço fundamental do Evangelho.”   (Emmanuel/F.C.Xavier)

 

(Trabalho realizado pela Aliança Municipal Espírita – AME – de Uberaba e Leonel Sivieri Varanda.)

I – HISTÓRICO

 

(Transcrevemos este registro histórico de trabalho do CRE – Sul do Triângulo Mineiro, realizado por nosso companheiro Leonel Sivieri Varanda, residente em Frutal - MG.)

 

         No início da década de 60, com a permissão de Nosso Senhor Jesus Cristo, um grupo de Companheiros da região do Triângulo Mineiro decide materializar um Encontro de Mocidades, que colaborasse para dinamizar o Movimento Espírita Regional e unificar os Espíritas em torno da Codificação Kardequiana, sob os auspícios dos CRE existentes.

 

         Surge a 1ª. COMMETRIM, que foi realizada na cidade de Ituiutaba, no ano de 1964.

 

         Para que possamos registrar, com a máxima fidelidade, dados históricos da formação, estrutura e funcionamento desta Confraternização, vamos ouvir o Presidente do Conselho Regional Espírita – Zona Sul e Presidente da AME de Uberaba, Dr. Jarbas Leone Varanda.

 

         Devemos registrar que o Dr. Jarbas Leone Varanda foi um dos idealizadores deste movimento, juntamente com vários confrades da Região Triangulina.

 

(NOTA: O nosso estimado irmão Dr. Jarbas Leone Varanda regressou à Pátria Espiritual no dia 15 de outubro de 2003.)

Dr. Jarbas falando aos companheiros/COMMETRIM

Dr. Jarbas, como surgiu a COMMETRIM e quais os seus objetivos?

RESPOSTA: “A COMMETRIM surgiu na década de 60. Antes dela a experiência das Mocidades, em termos de confraternização, se restringia ao movimento da COMBESP. A COMBESP era uma confraternização que reunia os jovens dos Estados de GO, MT, SP e MG. Uma das últimas realizações deste movimento foi em Uberlândia, da qual fomos o seu Presidente.

 

          Na oportunidade em que nós entramos em contato com os Espíritas da região do Triângulo, para a dinamização da COMBESP, já meditávamos, com os companheiros, sobre a possibilidade de termos um Movimento semelhante, no Triângulo Mineiro.

 

          Após o término da COMBESP, em Reunião de Mocidades no Centro Espírita Allan Kardec, em Uberlândia, a idéia deste Movimento Regional foi abraçada pelo companheiro Argemiro Evangelista Ferreira.

 

          Depois de abraçada a ideia, o nosso Argemiro entra em contato com companheiros de Uberlândia e Uberaba para a corporificação da Confraternização.

 

          Foi, então, que nós tivemos uma reunião no Hotel Zardo, em Uberlândia, e juntos aos companheiros do Triângulo Mineiro, nós pudemos já organizar previamente o Movimento.

 

          Assim, estivemos ali na companhia dos seguintes confrades: de UBERABA: Antônio Fonseca de Abreu e Rivail Araújo; de UBERLÂNDIA: Argemiro Evangelista Ferreira, Zenon Vilela de Andrade, Clóvis Cezar, Glagston Rodrigues da Cunha e Izabel Gervásio de Faria; de ARAGUARI: Urbano Teodoro Vieira e Ondina Moutinho Vieira; e de ITUIUTABA: Ramiro Ferreira de Morais, Bolívar Gomes Campos, Geni Gonçalves Campos, João Tibúrcio Nogueira e Manoel Tibúrcio Nogueira.

          Em 1964, sob a égide de EURÍPEDES BARSANULFO, surge a 1ª. Confraternização, sendo realizada na cidade de Ituiutaba e tendo como Presidente o nosso companheiro Argemiro Evangelista Ferreira.

 

              Quanto às suas finalidades, nós poderíamos lembrar a página de ALLAN KARDEC, em “O LIVRO DOS MÉDIUNS”, item 334.

              Nesta página o Codificador ressalta a necessidade de formarmos a grande Família Espírita, através da permuta de experiências, de idéias, enfim de contatos permanentes.

          Desta forma, os objetivos da COMMETRIM ficam evidenciados, através do estudo, do trabalho e da troca de experiências entre a Mocidade e Madureza Espírita. Ao falar de Madureza, lembraríamos que a COMMETRIM nasceu apenas congregando Mocidades. Foi por sugestão do nosso companheiro Chico Xavier, no ano da realização da 8ª. COMMETRIM, que foi acrescentado mais um “M” na sigla. Então, a Confraternização de Mocidades e Madureza Espíritas do Triângulo Mineiro passou a ser um Movimento não apenas de jovens, mas também da madureza, que, em verdade, já estava incorporada à sua estrutura.”

 

Dr. Jarbas, quais são os órgãos responsáveis pela realização da COMMETRIM e como está estruturada?

 

Resposta: “A COMMETRIM é promovida pelos Conselhos Regionais Espíritas, Norte e Sul do Triângulo Mineiro, respectivamente com sede em Uberlândia e Uberaba. De forma alternada, a cada ano é escolhida uma cidade vinculada a um Conselho Regional.

          Devemos registrar, com muita alegria para todos os companheiros, que o movimento conta com o apoio da União Espírita Mineira. Desde a corporificação da COMMETRIM, a Casa Mater. do Espiritismo, em Minas Gerais, sempre se fez presente, através do apoio ou de representantes que colaboraram para o enriquecimento do Encontro. Também a FEB – Federação Espírita Brasileira.

 

          Quanto à sua estrutura, ela está dividida em várias Comissões ou Departamentos, como: Difusão Doutrinária, Centro Espírita e seus Departamentos, Assistência Fraterna, Infância e Juventude, Família, Organização e Funcionamento de Mocidades.

              Cada departamento objetiva o estudo e o trabalho em equipe, com especialização de tarefas, quer dizer, cada Comissão estuda especificamente a sua matéria com vistas à dinamização do Espiritismo na região.”

 

Dr. Jarbas, que outros destaques poderiam ser ressaltados, conforme seu regulamento?

 

Resposta: “Um destaque importante é que a receita da COMMETRIM tem sua fonte na colaboração financeira espontânea da família espírita da cidade-sede, da ajuda voluntária de outras cidades da Região, bem como de todos os que estiverem interessados na sustentação de seus objetivos, sendo vedada a fixação de taxas obrigatórias de inscrição, só se permitindo a espontânea, voluntária.

              Outra característica é não se permitir o custeio de despesas para promover a participação de confrades nas tarefas, a fim de se evitar o “Profissionalismo Religioso”. A valorização dos companheiros da própria região, com a sua participação e trabalho nas tarefas programadas. É uma oportunidade para a aproximação dos Espíritas do Triângulo Mineiro no Estudo e no Trabalho de difusão do Espiritismo. Este aspecto é tão importante que, certa vez, quando companheiros nossos, bem intencionados, tiveram a ideia de separar os CRE para a realização em cada Região do movimento, procurando o nosso Chico Xavier para dar a sua opinião, este deixou bem claro a sua posição contrária, quando disse:

Como separar, se já estamos separados geograficamente?

Outra grande característica é a ESPECIALIZAÇÃO DE TAREFAS, objetivando o maior rendimento doutrinário na Região, sendo a estrutura do movimento totalmente voltada para tal fim.

E não podemos nos esquecer de que a COMMETRIM é a oportunidade para que a família espírita da cidade-sede possa trabalhar e se aproximar uns dos outros, objetivando acolher e hospedar os companheiros visitantes, pelo menos uma vez a cada 10 (dez) anos.

Entrevistado sobre a COMMETRIM, Chico Xavier amplia-nos o entendimento, revelando a importância deste movimento para todos os Espíritos que trazem compromissos com o Cristo, através da Doutrina Espírita:

"Muitas de nossas confraternizações, que se realizam sem querer mecanizar ou automatizar os nossos irmãos encarnados, resultam de inspiração de benfeitores espirituais que se empenham fazendo a nossa união uns com os outros, através da palavra, da troca de experiências para que nós possamos localizar a nossa tarefa dentro do movimento."

X COMMETRIM/1973 – em Uberaba

Devido às suas características, a COMMETRIM, realmente nos oferece a oportunidade de ‘localizar a nossa tarefa dentro do movimento’, num clima de trabalho, fraternidade e com absoluta fidelidade doutrinária”.

 

 

II- ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO

 

              O trabalho é direcionado através de uma Diretoria Executiva. Os componentes da Diretoria foram escolhidos, por decisão fraterna, no final da COMMETRIM anterior. A escolha é feita num clima de muita alegria e fraternidade, numa aplicação belíssima do ensinamento de Jesus: “Os meus discípulos serão conhecidos por muito se amarem”.

              No final de toda COMMETRIM, quando os companheiros já estão se despedindo do clima de estudo, trabalho e solidariedade que o encontro favorece, os corações se aproximam mais, vários companheiros são consultados e a Diretoria é escolhida fraternalmente, por aclamação geral, ficando constituída de:

                                                                      - Presidente

                                                                          - Vice-Presidente

                                                                          - Secretário

                                                                          - Tesoureiro

          À diretoria está delegada a tarefa de corporificar tudo o que foi decidido durante as chamadas PRÉVIAS.

 

          A dinâmica da COMMETRIM está subordinada à realização de duas Prévias. As prévias são reuniões de trabalho, que contam com a participação dos representantes de Mocidades e Madureza Espíritas do Triângulo Mineiro e Alto - Paranaíba. A dinamização do Encontro e o êxito das tarefas esquematizadas dependem da participação dos companheiros nestas duas reuniões.

 

A PRIMEIRA PRÉVIA

- Geralmente realizada no mês de Abril

- Realiza-se na cidade que foi escolhida como sede da COMMETRIM

- É escolhido o Tema Central

- Formam-se as Comissões dos diversos Departamentos

- São indicados ou confirmados os responsáveis pelos Departamentos

- Os responsáveis pelos Departamentos serão os companheiros que lidam nas áreas específicas, no trabalho de especialização:

                            - Difusão Doutrinária (Área da Comunicação Social Espírita - ACSE)

                            - Artes

                            - DIJ: Infância/Juventude I Ciclo/ Juventude II e III Ciclos (Área de

                              Infância e Juventude – AIJ)

                            - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita - ESDE (Área do Estudo do

                              Espiritismo – AEE)

                            - Área da Assistência Fraterna

                            - Área de Mediunidade

                            - Área da Família

                            - Área de Dirigentes

                            - Área de Atendimento Espiritual (AAE)

 

A SEGUNDA PRÉVIA

- Realizada geralmente no mês de Agosto;

- Reúnem-se os companheiros das diversas comissões e organiza-se o Programa de cada Departamento;

- Na elaboração do programa são definidos os responsáveis pelos estudos, palestras e exposições que deverão ser realizadas;

- Cada comissão estudará temas específicos de sua área de atuação, mas sempre ligados ao Tema Central.

 

Durante a realização da COMMETRIM

- As Comissões se reúnem em salas separadas;

- Com os assuntos previamente definidos;

- A cargo dos companheiros que foram escolhidos, durante a realização da 2ª. Prévia;

- As comissões trarão assuntos do mais alto interesse para serem discutidos com o objetivo de aprendizado e posterior aplicação junto às Casas Espíritas.

Manoel Tibúrcio, Isabel Bueno, Paulo Goulart e Roberto Veloso, em uma das aulas do Depto. de Mocidades

Uma das características mais marcantes da COMMETRIM é a especialização de tarefas. Os diversos departamentos se transformam em núcleos de aprendizado prático, estudando especificamente uma matéria, com elevada eficiência e produtividade para os participantes.

          Através da COMMETRIM, a Casa Espírita tem a oportunidade de formar novos colaboradores, dinamizando as Reuniões de Mocidades e aperfeiçoando os trabalhos dos diversos departamentos da Casa.

 

              O Jovem e a Madureza receberão orientações doutrinárias seguras para:

- se especializar em seu setor de trabalho;

- dinamizar o movimento;

- colaborar com a Casa Espírita no desenvolvimento dos trabalhos;

- ter motivação nas tarefas.

 

              Assim, próximo ao dia 1º de novembro, de cada ano, uma cidade do Triângulo Mineiro ou do Alto Paranaíba será sede de mais um encontro regional espírita, justificando o pensamento de Emmanuel/F.C.Xavier: “A reunião dos companheiros de ideal e de luta foi sempre um traço fundamental do Evangelho”.

 

              Pela descrição da Organização e Funcionamento podemos avaliar os inúmeros benefícios de que o Encontro é portador, como a dinamização do Movimento Espírita com o aperfeiçoamento dos estudos, dos trabalhos práticos e a difusão maior e melhor do Espiritismo que revive Jesus na Terra.

III COMMETRIM/ ARAXÁ – 30, 31 e 1º de novembro de 1966/ Ginásio “Jesus-Cristo”

X COMMETRIM – Uberaba/1973 - Presidente: Sílvia de Almeida Barsante

ASPECTOS da X COMMETRIM-UBERABA

©  2020 AME UBERABA CRE-SUL 2ª Região

  • White Facebook Icon

Endereço: R. Barão de Ituberaba, 449 - Bairro Estados Unidos, Uberaba - MG, 38025-230

 

(34) 3332 4780 e 9 9202 8894 - Sônia Barsante                      (34) 9 9992 9811  - Maria Luísa 

34 99246-7132 - Maria Jose